Maria acordou “blasê”

O dia não parecia indiferente. O céu estava de um azul especial, o sol brilhava com tamanha intensidade que mal se podia olhar para cima… Isso sem falar nos pássaros cantando, nos cachorrinhos felizes passeando em suas coleiras e, mesmo não sendo primavera, as fadinhas cuidavam para que muitas flores desabrochassem na mais bonita harmonia com aquele dia feliz!

Tudo estava perfeito, a cena parecia ser o começo daquele filme em que a mocinha acorda radiante, enrola aquele belo lenço de seda bege ao redor dos cabelos, coloca um lindo vestido de bolinhas e vai fazer pic-nic no parque.

Mas não Maria.

– e quem é Maria?

– Maria é a mocinha deste texto.

-Ah, claro!

Pois então, Maria acordou “blase”, a ingrata. Não sorriu para ningém e nem deu bom dia! Criticou tudo que viu, nem as plantas tampouco os cannis familiaris encolerados escaparam da língua infeliz da amarga Maria…

foi então, que a pessoa qu escrevia esse texto, encheu o saco da Maria, e parou de falar dela!

Anúncios

O que você tem a dizer sobre isso? Fale mais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: