Como o PROCON pode te ajudar

O cidadão, carinhosamente batizado de consumidor no mundo capitalista vive se deparando com diversas façanhas (para não dizer malandragem) dos prestadores de serviços e vendedores em geral. Tudo com um único fim: tirar dele todo e qualquer dinheiro possível.

Grande parte das vezes esses serviços são facultativos, esdrúxulos e abusivos, como é o caso do seguro contra perca e roubo de cartão. A gente paga por um serviço que é obrigação da empresa, como indica o site do Procon de Tocantins: “As administradoras de cartões de crédito são obrigadas a prestar serviços seguros e são responsáveis pelos prejuízos que o consumidor venha a sofrer nos casos de débitos não reconhecidos após a perda, roubo ou clonagem do cartão, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.”. Dessa forma, ao nos cobrar por esse seguro, a empresa está transferindo para o usuário suas próprias resposabilidades.

Como no caso dos seguros de cartões, o que costuma acontecer é que raramente conhecemos a fundo nossos direitos, isso não faz parte de nossa cultura. O que é um erro! O segundo erro é nossa comodidade, pois mesmo quando conhecemos nosso direito, raramente vamos atrás, pagamos para não nos incomodar! Só que não dá para ser assim, quanto mais deixamos essas questões de lado, mais abusivas tendem a ser as relações comerciais entre empresas e cidadão. E é nesse hora que o PROCON (encontre o da sua cidade aqui) é nosso grande aliado.
Ao contrário do que muita gente pensa, o atendimento costuma ser bastante rápido e eficaz. Veja as dicas de como proceder quando você se sentir lesado. Por experiência própria digo que funciona:

Você deve chegar munido de:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de residência
  • Comprovante da relação (nota fiscal, recibo, cupom)

No momento do atendimento, você relata sua experiência e o que você deseja em relação a ela. Por exemplo: meu nome estava sujo por causa que eu havia esquecido de pagar uma parcela em uma loja. Tentei negociar com a loja e eles foram inflexíveis. Procurei o Procon, relatei o caso e disse que queria negociar a dívida. Eles emitiram uma carta para que eu levasse à loja. Assim que eu cheguei ao local e pedi que protocolassem a carta do órgão, eles chamaram o responsável e foi feita a negociação. O procedimento é simples, e vale a pena, a dívida foi quitada quase pelo valor inicial, e olhe que pela financeira já estava pelo dobro!

Lembre-se:

  • Se o caso que te levar ao Procon envolver SCPC ou Serasa, você deve procurar o órgão munido com seu CPF e tirar um extrato dele. Esse extrato é GRATUITO, e o atendimento também é super rápido, fiquei menos de 5 minutos em cada um!
  • Para reclamações de serviços prestados, o prazo é de 90 dias, depois disso deve-se recorrer ao Juizado Especial Cível.

boa sorte!

Anúncios

O que você tem a dizer sobre isso? Fale mais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: