Bicicletada de Curitiba – 01.10

Nesse último sábado rolou uma edição especial da Bicicletada de Curitiba. Veio uma galera de São Paulo dar uma força no movimento, e cerca de 200 ciclistas saíram pelas ruas da cidade.

O ato foi bem bonito, o movimento está amadurecendo e a postura de ódio aos carros está sendo substituída pela ideia de coletividade no trânsito. E é assim que deve ser. Afinal, é hipocrisia odiar os carros quando estamos sentados na nossa bicicleta se vez por outra, certamente, também andamos de carro.

O mais engraçado dessa postura “morte aos carros” é que os partidários dela são donos de bicicletas caríssimas, cheias de quiquiui e usam roupas de marca, o que me faz pensar que vêm de famílias com um certo poder aquisitivo e certamente têm pelo menos um carro na garagem.

O que precisa ficar claro para os ciclistas de um modo geral é que a bicicletada, por mais que ela não se pretenda, é sim um movimento político e revindicação por condições e respeito aos ciclistas. E como movimento ele precisa fortalecer seu debate e sua bandeira, pois em uma cidade elitista como Curitiba só com forte pressão social que conseguiremos políticas públicas para nós, e o investimento em formas alternativas de mobilidade urbana.

Sempre haverão motoristas estúpidos que avançarão seus carros em cima dos ciclistas, o nosso papel não é chamar o cara pra briga, mas mandá-lo pra casa tomar uma água e ficar susse. Como movimento social deve-se ter em mente que o respeito é a principal bandeira, pois se lutamos para sermoe respeitado, antes de tudo devemos respeitar a todos, independente do transporte que ele usa. Por isso, chamar o motorista estúpido pra briga é tão estúpido quanto. Assim como não dar passagem pro motorista por pirraça também é estupidez. Busca-se o compartilhamento harmonioso do espaço urbano entre os diversos meios de transporte.

Mas como disse, o movimento está amadurecendo, o ato ontem foi lindo, tão lindo que teve até uma serenata pro nosso prefeito, Luciano Ducci, que claro, não estava nem aí pra nós. Vale lembrar, ano que vem tem eleições, hein?

Anúncios

  3 comentários sobre “Bicicletada de Curitiba – 01.10

  1. Herbert
    outubro 2, 2011 às 11:27 pm

    Excelente texto! Radicalismo e truculência não levam ninguém a lugar nenhum, quiçá, um movimento reivindicatório – como o é a Bicicletada. Agora, seria inocência imaginar um movimento exclusivamente Paz&Amor em meio à diversidade de ideias, opiniões e origens. O destempero seria a atitude de largar as bandeiras, só porque, ao seu lado, alguns sectários não encontram os mesmos limites que, a média do bom senso e coerência, estabelece. Lembro-me das passeatas pelo Passe-Livre na época do ensino médio. Coisa linda, estudantes de várias escolas, passeatas alegres e ordeiras, o pessoal tomando contato com as questões de cidadania, mas a televisão – especialmente a REDE GLOBO-RPC-, sempre associada aos interesses do prefeito de plantão, só mostrava as garrafas de batidinha e tubão, que alguns poucos, largavam no final das passeatas nos arredores da prefeitura. Odiosa manipulação que a mídia faz com uma destreza irretocável.
    Quando a Bicicletada começar a tomar corpo (e parece que já caminha para isto), inequivocamente, os “vândalos” do movimento é que serão mostrados, pois quem quer uma cidade mais limpa e ciclável, por mais que não odeie a sociedade do carro, é excluída e colocada à margem dela, logo, não pode ter visibilidade e – para terminar a extensa oração – acaba invisível aos olhos da grande imprensa, assim como é invisível para o nosso gerente municipal Luciano Ducci, como bem lembra o texto da Bertanha.

    Curtir

O que você tem a dizer sobre isso? Fale mais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: