O Pernambuco e mais uma pérola jornalística da rede Globo

o ministro Fernando Bezerra

Mais uma vez a rede Globo mostra sua imensa responsabilidade jornalística. A partir de um tensionamento um tanto quanto infundado, o alvo da vez é o Ministro da Integração Nacional, Fernando Coelho Bezerra. O tensionamento está sendo alimentado sob o argumento de que o estado natal do Ministro, Pernambuco, teria sido, segundo dados divulgados pela ONG Contas Abertas, favorecido no repasse de verbas para a prevenção de enchentes. Bem se vê que a memória recente da rede Globo é bem curta, afinal, já se esqueceram que em 2010 o estado teve 49 cidades atingidas por enchentes, entre essas, 22 declararam estado de emergência? Ano passado o cenário também não foi diferente, foram 41 municípios atingidos com 27 mil pessoas desabrigadas.

Agora vem a pergunta: se assim for, seira mesmo uma questão de favorecimento ou uma questão de necessidade? Averiguar os fatos está difícil, a ONG Contas abertas afirma, com base em si mesma, que 90% da verba da pasta foi destinada ao estado do Pernambuco. Os dados, no entanto são diferentes do divulgado pelo ministério, que aponta o estado do Rio de Janeiro como principal beneficiado aos recursos. Veja a tabela do Ministério:

Independente se o estado foi o mais contemplado pelo ministério. A questão é outra: Pernambuco tem sido um dos mais atingidos nos últimos anos por enchentes. Isso naturalmente já deveria ser razão suficiente para que ele fosse mesmo um dos maiores beneficiados pela pasta. Mas para a mídia isso não parece ser relevante. Outra vez a imprensa, lindamente liderada pela rede Globo, trata as questões governamentais com desdém, chegando ao limite do desrespeito. O site do Contas abertas usou o termo “embolsou” para noticiar o “fato”. Batem incansavelmente na tecla do favorecimento e em momento nenhum dão destaque aos problemas que o estado enfrenta com as enchentes ano após ano.

Finalmente, a imprensa não explica que a distribuição de verbas acontece por meio de editais que exigem projetos detalhados, inclusive orçamentário, para a execução das obras, bem como justificativa, e mais, que esses projetos são analisados por comissões específicas, nas quais a participação do ministro, muitas vezes é apenas sua assinatura. Digo isso porque fui estagiária na Secretaria de Estado do Trabalho aqui do Paraná e acompanhei de perto o processo de seleção de projetos de hortas comunitárias. A galera da Globo também deveria saber disso, eles vivem falando dessas coisas.

Mais uma vez o que se verifica é que a imprensa continua irresponsável na cobertura dos fatos. Agora, o mais intrigante é que o esforço para implodir a estrutura dos governos é unilateral, se restringe ao governo federal e sua base. Não se verifica o mesmo esforço em relação aos governos da oposição. Será excesso de honestidade? Sei que não dá para esperar muito de um grupo que há 12 anos investe em um programa como o Big Brother, mas por favor, rede Globo, menos hipocrisia, né? A gente não é assim tão burro!

Alguns links para saber mais:
site do Ministério;
Contas abertas, esse que tem seu site hospedado no UOL!
GI;
R7

 

Obs: Não podia deixar de comentar o nome super natureza do ministro, bezerra e coelho? Lindo, né?

 

Anúncios

O que você tem a dizer sobre isso? Fale mais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: