Preço dos produtos importados: impostos ou público alvo?

É muito comum ouvirmos gente falando que a culpa dos produtos importados no Brasil serem tão caros é dos impostos, que o governo brasileiro blá, blá, blá!
Talvez esteja na hora de investigarmos melhor essa questão e quiçá, desconstruirmos um pouco esse “mito”. Vamos lá:

Primeira questão: cobrar altas taxar tributárias de produtos importados não é uma política brasileira, é mundial! É um tipo de protecionismo que se justifica pois o produto importado não gerou nenhum tipo de riqueza (social ou econômica) para o país que está sendo comercializado. Como assim? Falando claramente, não tem nem nossa indústria nem nossos trabalhadores envolvidos no processo. Para garantir que haja pelo menos algum retorno nesse sentido para o país, cobra-se imposto, que, caso alguém não saiba, é o que paga nossa escola ruim, saúde ruim, segurança ruim e shows de graça de vez em quando.

Segundo ponto: muitos produtos são caros, e muito caros, por uma questão muito maior que a tributária, e do meu singelo ponto de vista, muito mais estúpida! É o tal do público-alvo. Como assim? Bom marcas como Levi’s, Nike e Mac, por exemplo, não esperam que assalariados sejam seus principais clientes, antes querem atingir as classes A e B (preferencialmente a A) para que seus nomes continuem sendo glamurosos!

Vamos fazer uns cálculos?

Claro que todos esses cálculos são superficiais, mas o que é preciso ser notado é a discrepância entre o preço de final do produto já com os impostos, ou pelo menos o mais pesado deles, e o preço final comercializado no Brasil, se levarmos em consideração o preço de custo do produto para o lojista, essa discrepância fica até cômica. Se a margem de lucro sobre um produto varia entre 12 e 50% dependendo do que estamos falando, dá para ver que ainda sobra uns bons trocados nessas contas, né?

Podemos ver que esse tipo de questão vai muito além das taxas tributárias, elas se relacionam muito mais com o tipo de imagem que a marca quer construir bem como o tipo de público que ela quer atingir. Claro que o assalariado pode ter acesso a elas, para isso ele só precisará de um cartão de crédito e parcelar em 10x sem juros! E em um mundo que você é o que você tem, as pessoas infelizmente tendem a se endividar na busca inconsciente pela inserção social, pois está todo o mundo falando para ele que a felicidade está nesse monte de cacareco caro e cheio de glamour. Aí a gente continua se matando, trabalhando cada vez mais, esquecendo do que é ser feliz, alimentando o capitalismo e jogando a culpa de tudo no governo!

Dá licença!

 

 

Anúncios

  6 comentários sobre “Preço dos produtos importados: impostos ou público alvo?

  1. André
    julho 31, 2013 às 12:46 pm

    Dá para comprar produtos diretamente no exterior sem viajar e, em alguns casos, mesmo pagando o frete e impostos, fica mais barato que comprar aqui no Brasil!!
    Se tiver sorte ainda pode economizar os impostos se não for barrado pelos correios!
    Brasileiro tem mania de só reclamar e não procurar enxergar as coisas como realmente são. Tem mais é que deixar de ser trouxa, de trocar de carro todo ano, de comprar o que não precisa, para parar de financiar com pagamento de impostos a roubalheira dos governos!

    Curtir

  2. newton cismotto
    junho 3, 2013 às 10:48 am

    Na fórmula só 60% de imposto ? Não sei não….

    Curtir

    • Miraní Bertanha
      julho 31, 2013 às 6:25 pm

      Como disse no texto, Newton, é em média! Mas de fato, pode chegar a mais!

      Curtir

  3. Débora Soares
    março 20, 2013 às 3:26 pm

    Sinceramente eu acho que é um pouco dos dois. Mas os impostos, sem dúvidas, deixaram o valor real aumentado. Os importados não tem todo esse status em seus países de origem!

    Curtir

    • Miraní Bertanha
      abril 1, 2013 às 8:44 am

      Débora, concordo com você, em muitos produtos a taxa tributária acaba pesando mesmo, o que tentei destacar é que costumamos simplesmente jogar tudo nos impostos, e não é bem assim, né??

      Obrigada pela visita!!

      Curtir

O que você tem a dizer sobre isso? Fale mais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: