Snack saudável caseiro: Castanhas germinadas temperadas

Oiii!!

 

Na busca pela vida saudável o que mais precisa ter é ousadia! Nossa, como assim? Uai, ir contra a maré é para quem tem coragem de descobrir um outro caminho. A indústria alimentícia está aí para deixar tudo o mundo doente e cheio de coisa sintética no organismo, assim ela ajuda sua irmã Indústria Farmacêutica, e quem paga a conta somos nós e o meio ambiente.

Buscar vida saudável é um movimento constante de pesquisa e conscientização, por isso esse tema tem destaque no Colcha, para compartilhar com vocês as descobertas que faço. Sem mais delongas, hoje trago uma receita da hora para aquele snack da bolsa, da gaveta do trabalho, do carro, ou dos três: Castanhas germinadas temperadas, vamos lá?

Ingredientes: 

fio de azeite virgem (azeite extra virgem para cozinhar é ruim, o calor satura o óleo);

sal de ervas (posso ensinar como preparei o meu, deixa aí nos comentários)

um punhado das castanhas de sua preferência

 

Modo de preparo:

Em uma frigideira não aderente coloque o azeite, o sal e aqueça, com o óleo derretido misture tudo e acrescente as castanhas. Mexa tudo por uns 2 minutos pelo cabo da frigideira mesmo (como no vídeo). Desligue, coloque em um prato com papel toalha e espere esfriar, depois quadro nos potinhos e pronto!

 

 

Espero que gostem da dica e incorporem no dia a dia, também dá para fazer a receita doce, se quiser saber como comenta aí que eu faço é com mel e canela! ;P

Ps1: Para guardar aproveito o próprio potinho que a castanha vem, ou então coloco naqueleles “tapawere” bem pequenos com trava na tampa.

Ps2: Cuidado onde vai colocar para esfriar, minha cachorra Jade descobriu o quitute e mandou pra dentro!

Namastê ❤

Anúncios

Como germinar castanhas

Oiii!

Quando a gente dá um google em castanhas germinadas aparecem inúmeras referências, depois de muito ler e conversar com gente que sabe o que está falando (nutricionistas e nutrólogas) aprendi que colocar tudo que é tipo de leguminosa e castanha de molho antes de consumir é importante para quebrar os anti-nutrientes desses alimentos e potencializar o que eles têm de bom.

O conceito de germinação é amplo, para muitos o broto precisa ocorrer, para outros a germinação consiste no processo de “acordar” os alimentos. Sigo a segunda vertente, até porque muitas não irão brotar mesmo. Há um tempo, acreditava que a brota era necessária, mas como a dra. Tássia me explicou, quando colocamos o alimento de molho estamos acordando a vida neles, e isso já é um processo de germinação. Segundo a literatura, o molho dos alimentos para a germinação e quebra de anti-nutrientes leva entre 8 e 24hs em média. Se quiserem posso fazer um post mostrando como faço com cada alimento.

Bom, explicações dadas, vamos ao processo que seguimos por aqui para dar aquela turbinada nas castanhas:

Separo uma quantidade das castanhas escolhidas (aqui foi avelã e amêndoa) e lavo bem. No pote com água fricciono as castanhas com as mãos até elas soltarem bem a sujeira.

Depois de bem lavadas, escorro e coloco em recipiente de vidro, acrescento água suficiente para cobrir, tampo com um pano da bisa e deixo descansar. Geralmente faço isso à noite ou na hora do almoço.


Se faço durante o dia, quando chego do trabalho troco a água, dou mais uma lavada e coloco novamente de molho.


Na manhã seguinte a água estará turva, resultado do processo de fermentação e quebra dos anti-nutrientes. Lavo novamente e escorro bem.

Com um pano limpo (esse era da tia-avó!), forro uma assadeira grande, despejo as sementes e com a outra metade do pano eu cubro (como nas fotos abaixo). Cobrir é importante para proteger da poeira e sujeiras.

Feito isso, coloco a assadeira no sol para secar. Espalhe bem as castanhas de modo que não fiquem sobrepostas, para que sequem bem. Esse processo de secagem é importante especialmente quando o consumo não será imediato, pois evitará a formação de fungos. Coloco para secar no sol pois a natureza é sábia, no forno a temperatura pode ficar alta demais e torrar o alimento que acabou de acordar, mas em dias nublados dá para colocar no forno em mais ou menos 60-70 graus, por 30 minutos, mexendo a cada 10mim. .

Deixo secar por dois dias, dando uma mexida sempre que possível. Ao final do segundo dia, as sementes estarão bem sequinhas, aí é só guardar em potinhos de vidro e consumir como desejar. Dá para temperar, dá para caramelizar com mel ou fazer leite vegetal, usar em receitas, picar na salada, ou ainda comer desse jeitinho mesmo.


De todas as castanhas, a que o processo fica mais evidente é na amêndoa, que cresce e fica bem arredondada e sem aquelas ruguinhas, se tivermos paciência para esperar ela brota.

Viram como a germinação é mais simples que parece? Dá para esperar brotar, o que alonga o processo, e, como falei, nem todos os alimentos germinam mesmo, tipo, de soltar o broto. Mas assim já está lindo!

E você, germina os alimentos? Conta pra gente como faz?

Namastê<3